Valendo o livro "Eugênia Grandet" de Balzac - Respostas até 13/09

Qual o artista, música ou CD que mais te toca e porquê ?

A justificativa mais inspirada e poética ganha o livro.

Prá saber mais sobre o livro, acesse aqui ou aqui.

Não se esqueça de deixar seu nome ou codinome. O ganhador será avisado pelo blog ou por email.

Foto do livro:

12 comentários:

dinho0s disse...

Bom, eu não sei onde eu coloco a resposta. Vou deixar aqui então. A música que me provoca algo é recente até, chama-se Elephat Gun do artista Beirut. Não sei definir exatamente o que me causa, acho que não há palavras para isso, acho que o efeito dela se da naquelas ocisas que apenas sentimos e não conseguimos colocar em palavras ou mesmo em ordem por mais que assim o queiramos. Eu sinto uma nostalgia, uma saudade do que eu nunca vi (me apropriando do verso de índios da legião). Eu me sinto bem, estranho, incomodado, alegre, triste, esperançoso. Eu não posso explicar, neste casos as pelavras ficam apenas naquele reino surdo e mudo de nosso inconsiente. Bom , é isso, tchau, abraços e beijos.

Anônimo disse...

oi, aqui é o catatau da sala de literatura. concerteza a musica que mais me tocou foi a brincos, do lula barbosa, cantada num dos festivais da tv. ele entrou no palco, de boné e eu na plateia. não dei nada pro neguinho que vinha chegando devagar meio sem jeito e que parecia não cantar nada. aí ele abriu a boca e foi um arraso. eu tava começando um namoro e tava com ela e foi um momento mágico a gente ouvir aquela musica. depois que a música acabou agente se abraçou e se beijamos muito. hoje ela é minha esposa e agente sempre lembra do lula barbosa, que agente não dava nada e foi um arrazo.
este livro que voce tá dando é bom mesmo? se eu ganhar regis_65@ig.com.br fui o primeiro

Dinho disse...

Ah, se por um acaso eu ganhar, este é meu email: edecorte@ig.com.br. Obrigado.

Anônimo disse...

Gosto mesmo eh d Heavy Metal. Porque eh sonzeira, escuto e esqueço do patrão escroto e penso que o estou xingando a cada frase q me entra pelos ouvidos. Assisto dvds q me inspiram na guitarra, pq eu toco msmo eh p esquecer os problemas. No dia d semana me visto de terno e gravata e do sáb e dom eu me visto como eu quero: d preto com muito crucifixo e bota e jaleco preto. A tribo q eu ando eh agressiva tb, ms eu só posso dizer minha agressividade no final de semana. Se eu não usar terno e gravata e fizer a obrigação não tenho tutu p ir aos shows q vou - e q custam uma grana alta. Uma música q lembro das antigas eh uma do Mettalica q tem a capa de cimitério e q tem um vocal irado.
Gostei dos grupos de Metal Melódico q conheci aqui no blog
Sei q não vou ganhar ms deixei depoimento

Silvana disse...

Nem artista, nem CD, nem estilo, nem cantor, nem banda. O que mais me toca é o barulho do mar. É só andar 500m e o escuto!
Abs, gostei do teu blog.

marcos tommattio disse...

o cd que mais me toca é do tangetto e fiquei conhecendo aqui no seu blog. sempre gostei d música argentina como bom gaúcho que sou, e o tangetto tem o toque moderno. gosto também d gotan project e outros artistas d tango moderno mas o tanguetto é mais gostoso de ouvir - e me lembra muito o tempo em que eu ia para a argentina a negócios e das noites frias que fazia por lá, e lembro da casa de um amigo escritor que eu ia visitar e que sempre ouvia astor piazolla. se ele ainda estivesse vivo, provavelmente iria gostar muito d conhecer este grupo.
beijão, marcos tommattio (m_tomas@uol.com.br)

JOTÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO disse...

Uma resposta totalmente inspirada:

Batatinha quando nasce
Ouve Vivaldííííí
Menininha quando dorme
Ouve mais é Debussy

Serpentina quando cai
Só ao som de Rita Lee
A Carolina quando sai
Dança só o pipiripi

Cebola descascada
Até metaleiro lacrimeja
Estando eu de casaca
Ouço até nove sertanejas

=D

Do teu primo.

Anônimo disse...

sei lá
uiAHEiuahEuiaHuiHUhAUIhiaushiasuhiuhE

elianesp33 disse...

A musica que me encanta é Alfonsina y el mar, na voz de Mercedes Sosa, pois fala da vida e morte de Alfonsina Storni, uma poetisa, que suicidou-se no mar. A musica retrata de forma plena a alma amargurada, dessa poetisa triste, que trazia no que escrevia, um pressagio de sua morte. A musica nos leva pra dentro dessa alma linda e cheia de dor cortante, latejante,urgente..Vc pode sentir o vento, ouvir o quebrar das ondas do mar e sentir a força de um destino que foi traçado nos poemas de Alfonsina e que a Mercedes interpreta de forma perfeita , dolorida e forte! Nessa musica, somente nela, eu consigo sentir a morte como algo intensamente doce!
Beijos

Menezes Filho disse...

A música que mais faz parte de minha vida é o "parabéns a você", por incrível que pareça. Tenho um buffet infantil, e esta música parece que é a mesma coisa que a minha pele. Sempre tentamos fazer do parabéns a você um momento especial para a garotada, e algumas vezes quando estou mais emotivo relembro meus aniversários de infância e dos bolos (presentes ainda nas fotos) que minha finada mãe fazia. Lembro também de quando meu filho morreu, porque eu não podia aparecer no buffet no dia das comemorações que chorava na hora dos parabéns. Hoje já passou, e tento fazer da mesmice desta canção um momento único.

Alethea disse...

A música, para mim, é visceral.
Escolho dentre tantos nomes maravilhosos e trabalhos inspiradores o Chico Buarque de Holanda.
Como mulher acho que o Chico tem o dom de retratar a alma feminina, suas dúvidas, suas tristezas, suas angústias e, ao mesmo tempo, fazer um mosaico com críticas sociais, políticas.
Só o Chico consegue colocar em suas letras palavras como "posta restante" ou utilizar, com perfeição e rima, proparoxítonas como na música Construção.
Chico Buarque, você é gênio.
Receba essa minha homenagem.

Adorei a idéia do blog.
Parabéns. :.)

Claudia Ka disse...

Promoção encerrada.
Quem escreveu, escreveu, quem não escreveu não escreve mais.
;-)