Mozart - Requiem (1991) - Wienen Philarmoniker cond. Georg Solti

Réquiems são especialmente compostos para um funeral. O termo foi retirado da expressão em latim 'Requiem Aeternam Dona Eis', que significa 'Dai-lhes o Repouso Eterno'. Muitos outros compositores criaram Réquiems, e o Requiem em Ré Menor de Mozart é o mais famoso deles.
Em Março de 1791, Wolfgang Amadeus Mozart rege em Viena um de seus últimos concertos públicos. Poucos dias antes, batera à sua porta um desconhecido, que se recusara a se identificar e que deixara Mozart encarregado da composição de um Réquiem em Ré Menor. Dera-lhe um adiantamento em dinheiro e avisara que retornaria em um mês. Aquele personagem sombrio fora enviado por um conde, cuja esposa havia falecido. Ele queria que Mozart compusesse o Réquiem para os ritos fúnebres da esposa, mas falaria que fora ele quem compusera a obra (por isso o anonimato).
Mozart estava obcecado com idéias de morte desde o falecimento de seu pai, e muito sensível ao sobrenatural devido às suas vinculações com a franco-maçonaria, e sentiu que o Réquiem que iria compor seria para o seu próprio funeral.
Mozart morreu neste mesmo ano e o trabalho ficou inacabado. Deixou anotações para seu discípulo Franz Xaver Süssmayer, que completou as partes que faltavam na composição. Diz-se que muitos outros compositores também meteram a colher na obra.
Os intérpretes de Música Erudita são como os cantores de música popular: cada um canta a mesma música de um jeito diferente, dá uma interpretação diferente. Quem dá a interpretação diferente na Música Erudita é o regente, dependendo da competência e procedência do Coral, da orquestra e dos solistas. Esta gravação que escolhi foi feita na Cerimônia de Comemoração aos 200 anos de morte do Compositor(1991) na Catedral de Santo Estêvão, em Viena. O maestro foi Georg Solti. Ficha técnica anexada ao arquivo para baixar. Esta execução teve intervenções de preces em Latim e Alemão, por causa da comemoração, e acabou dando pausas para os executantes descansarem.
Como eu ABSOLUTAMENTE não achei este arquivo na net, upei prá vocês. As faixas das intervenções das preces eu suprimi.

3 comentários:

Peppino de Atenas disse...

Obrigado pelo comentário c.k.!!

Gostaria de te avisar que daqui em diante estou respondendo os comentários que forem deixados no blog lá no meu blog mesmo. No caso particular dessa (primeira) resposta, estou deixando uma cópia no seu blog pra vc!

Puxa, fiquei feliz que você tenha gostado dessas breves memórias de algo que foi tão bonito e marcante pra mim naquela época. Achei legal que tenha feito você se lembrar das suas próprias viagens legais.

Espero realmente poder contar com suas visitas e leituras e também com mais comentários seus.

Grande Abraço!

PS: Esse seu blog está simplesmente lindo! Me tornei fã de imediato!

Tempero Auditivo disse...

Obrigada, Mister Peppino.
;)

Claudia Ka disse...

BAIXE AQUI